ACREDITAR NOS DESAFIOS

O povo brasileiro está com sua mente e seus sentimentos ligados ao carnaval.Deixa de lado a crise financeira e cai na folia. Desliga das situações sentimentais e se envolve nas emoções de um samba ou de uma dança frenética.

Mas é bom pensar que a vida não é apenas carnaval. O carnaval passa e a vida continua. Ela é uma realidade que precisa ser trabalhada e cultivada em todos os seus valores, tanto sociais quanto culturais, políticos e religiosos. Ela, acima de tudo, é um dom de Deus, um dom precioso necessitado de atenção especial.

Pensando nisso, as igrejas cristãs se unem numa tarefa irmã e solidária para dar a devida atenção a esse valor sagrado e amado por Deus. Após o carnaval vem a quaresma, um tempo precioso para uma reflexão mais profunda sobre os valores da fé, do amor fraterno e do destino da humanidade.

Para colaborar com essa reflexão instituíram a Campanha da Fraternidade. E nesse ano tem como tema: “Casa comum, nossa responsabilidade”. E o lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am.5,24)

De acordo com o Texto Base “nesse ano temos como objetivo geral: “Assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas e empenharmo-nos, à luz da fé por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro de nossa casa comum”

O assunto é muito complexo e muito sério. Precisamos construir um mundo onde a justiça prevaleça e a honestidade seja solidária e transformadora. O Mestre dos mestres nos diz que é preciso lançar as redes em águas mais profundas. Não podemos nos contentar com pequenas conquistas e com simples realizações. Temos que ser mais audaciosos e mais corajosos.

O mundo pertence aos fortes e os fortes serão aqueles e aquelas que não tenham medo de perder batalhas, pois sabem que elas fazem parte dos planos de quem quer vencer a guerra. E a vida é uma permanente guerra contra o comodismo e a mediocridade, contra a covardia e o isolamento, contra o egoísmo e a vaidade.

Quem se diz cristão não pode perder, não pode se deixar derrotar. Mesmo que não tenha sucesso imediato, é preciso acreditar que o empenho na luta deverá ser total e sem reservas. É preciso acreditar no ideal que nos propomos. É preciso apostar generosamente num mundo melhor, mais justo e mais solidário.

Os desafios existem para todos. Tanto os que se consideram fortes quanto os que se consideram fracos encontrarão desafios a enfrentar. É preciso acreditar que estão em nosso caminho para dificultar nossas conquistas e nossas realizações. São noites escuras perturbando nossos anseios de uma vida saudável.

São realidades que não poderemos isolar. Fazem parte de nosso caminhar e de nosso pensar. Eles existem. Temos que acreditar neles. Temos que respeitá-los, pois estão aí para testar nossa serenidade e aperfeiçoar nossa capacidade em superá-los e vencê-los.

Não poderemos ter medo dos desafios. Quanto maiores forem, tanto mais nobre será o que desejamos alcançar.

Frei Venildo Trevizan

Anúncios

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: