Visão sobrenatural do Matrimônio

ARQUIDIOCESE DE GOIÂNIA

Centro da Família Coração de Jesus

Pastoral Familiar Arquidiocesana

“A preparação dos jovens para o Matrimônio e para a vida familiar é necessária hoje mais do que nunca.” João Paulo II- Familiaris Consortio, 66

Neste ano, a Familiars Consortio completa 35 anos e continua atual. Sim, precisamos preparar os jovens para que o matrimônio seja compreendido e vivenciado não apenas como um fato social, mas sobretudo como vocação.

Muitas paróquias oferecem Cursos de Noivos ou Encontros de Preparação para o Matrimônio. Porém, há uma questão que merece ser refletida : Como fazemos essa preparação? O que diz os documentos do Magistério da Igreja acerca do tema?

No dia 2 de abril deste ano, para refletir acerca dessa preparação, 28 paróquias da Arquidiocese de Goiânia participaram do 2º Encontro Arquidiocesano do Setor Pré-Matrimonial, coordenado pelo Centro da Família Coração de Jesus, pelo Diretor Espiritual Pe. João e pela Comissão da Pastoral Familiar da Arquidiocese.

Também estiveram presentes no Encontro todos os seminaristas do Seminário Santa Cruz e Seminário São João Maria Vianey, acompanhados do Reitor do Seminário Pe. Dilmo, além de representantes da Arquidiocese de Brasília-Taguatinga, Uruaçu e do Coordenador do Regional Centro-Oeste da Pastoral Familiar, Wagner.

Realizado no Centro Pastoral Dom Fernando, o Encontro contou com a participação do Bispo Auxiliar, Dom Levi Bonato, que destacou a necessidade de “resgatar a visão sobrenatural do matrimônio”, que não é uma instituição humana, mas obra do Criador. Lembrou ainda que é um dom, por isso o “Matrimônio não é para todos, mas para aqueles que sentem-se vocacionados para essa missão”.

As reflexões foram coordenadas por André Parreira, da Diocese de São João del-Rei-MG, autor de livros sobre namoro, Matrimônio e família, colunista colaborador do Zenit, casado e pai de 7 filhos. Com simplicidade, o assessor conduziu o Encontro levando o grupo a refletir sobre a importância da preparação para o matrimônio, ressaltando que a missão do agente não é “repetir aquilo que o mundo já fala” e sim apresentar com segurança as orientações presentes nos documentos do Magistério da Igreja.

Partindo do fato de que a Igreja nos pede para acompanhar os noivos e jovens casais e não apenas fazer algumas palestras, André indicou itinerários possíveis para a missão dos integrantes das Equipes de Noivos e da Pastoral Familiar, sugerindo a Preparação Próxima de Noivos por Acolhimento, em 12 encontros. Em seguida, propôs a votação de 5 pontos concretos a serem discutidos pela Arquidiocese para uma possível revisão no formato da preparação de noivos. Finalmente, o Assessor abordou a questão da sexualidade humana e da paternidade responsável, enfatizando que o tema pode e deve ser abordado por agentes que não sejam especialistas, pois a sexualidade não é algo a parte, centrada somente nos órgãos genitais, mas está inserida em toda a pessoa, incitando os presentes a redescobrir a encíclica Humana Vitae.

Encerrando o Encontro, antes da celebração da Santa Missa, o grupo foi surpreendido pela presença de Dom Washington, que saudou os participantes e elogiou a iniciativa.

Fernando e Maria Olinda

Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar

Centro da Família Coração de Jesus

Arquidiocese de Goiânia

Anúncios

Uma resposta

  1. Parabéns aos organizadores.
    Evento excelente.

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: