Namorado, namorada, lembram busca de morada para o amor que deseja construir em sua vida. Morar na mente e no coração de quem se deseja amar. Namoro é caminho para o amor, é escola onde se aprende a descobrir as qualidades e os defeitos da pessoa com quem pretende constituir algo sério e permanente.

O namoro para muitos poderá ser apenas uma fase, um tempo de estudo da personalidade, dos projetos e dos sonhos. Essas pessoas elaboram em sua mente uma imagem daquilo que pretendem. Alimentam essa imagem como algo que irá se perpetuar. Namoram essa imagem.

Não passa pela sua mente a possibilidade de essa imagem com o tempo se deteriorar e se desfazer. Apostam seus sentimentos e seus sonhos imaginando que tudo irá se concretizar. Não percebem que a imagem criada nem sempre combina com a realidade da pessoa. Não acreditam na realidade. Vivem em função da imagem concebida.

E quando acontecer um desencontro, ou uma discussão mais séria se deparam com a realidade e facilmente desabafam: “Nunca imaginei que fosse acontecer isso!” A imagem traída desmorona os sentimentos. E tudo vai ao chão. Acabam as alegrias. Acabam os interesses. Morrem os sentimentos. Tudo porque amavam, não a pessoa, mas a imagem.

Namoro não tem idade. Não é apenas uma fase na vida. Namoro é uma constante e sagrada busca de conhecimentos da pessoa que se pretende amar. Constitui o modo e a postura no relacionamento e na convivência. Não tem limites e nem tempo. É eterno. Os verdadeiros namorados são aqueles que a cada dia criam maneiras nobres de relacionamento. A cada dia renovam os carinhos e as gentilezas.

O ciúme faz parte desse relacionamento. Ajuda a ser mais cuidadoso consigo mesmo e mais comprometido com o outro. O zelo pelo outro é sagrado. Cuidar do modo e do que vestir, a maneira de andar, o jeito de conversar e outras atitudes que demonstrem atenção de um pelo outro. Atitudes essas que revelam um namoro eterno.

Nada e ninguém separará duas pessoas que se queiram bem, pessoas ocupadas em incentivar quando necessário, corrigir quando for preciso e perdoar quando a situação solicitar. A generosidade e a elegância são virtudes que alimentam um relacionamento saudável e feliz.

Quanto mais durar o tempo de convivência tanto mais belo e admirável será o namoro. Será tão forte que um não conseguirá ficar longe do outro. Tornam-se um só coração e uma só alma. E quando as contingências da vida os separar pela morte será dolorosamente difícil aceitar.

Bom seria que os casais prestassem atenção a essas lições de um jeito amoroso e confidencial de constituir um lar. Bom seria que os jovens entrassem nessa escola de amor e abandonassem as maneiras egoístas de conviver. Bom seria que o namoro não aprisionasse os sentimentos de ninguém, mas fosse uma caminho alegre e vibrante de amor, respeito e dignidade.

Bom seria que as pessoas não tivessem pressa em concretizar seus sonhos. Não se apegassem a imagens, mas buscassem desvendar os mistérios que se encontram nos corações e nas mentes daqueles e daquelas com quem sonha um futuro feliz

Frei Venildo Trevizan

Anúncios

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: