Dez filmes para ver (e discutir) em família

 

Por destacarem qualidades que desejamos aprimorar, essas histórias são um bom ponto de partida para a reflexão e a conversa em casa. Escolha o seu preferido e divirta-se!

Contagem Regressiva (Hours) – dirigido por Eric Heisserer e estrelado por Paul Walker.  EUA, 2013.

contagem-regressiva-dvd-paul-walker-genesis-rodriguez-16503-MLB20122078413_072014-F

Valor destacado: Dedicação

O drama se passa em 2005, ano em que o furacão Katrina devastou cidades americanas. Nolan (Walker) perde a esposa em complicações no parto, mas não tem tempo para viver o luto porque precisa proteger o filho prematuro na incubadora de um hospital de Nova Orleans, a cidade mais afetada pelo Katrina.

Indicação: 14 anos.

Como estrelas na Terra (Taare Zameen Par – Every Child is Special) – dirigido por Aamir Khan e estrelado por Darsheel Safary. Índia, 2007.

filmes-como-estrelas

Valor destacado: Paciência

O filme conta a história de Ishann, um menino indiano de 9 anos que sofre com a rigidez do pai e a impaciência dos professores até descobrir que sua dificuldade de aprender se deve à dislexia. Destaca-se a diferença que um professor sensível pode fazer na vida de uma criança com dificuldades de aprendizado.

Indicação: livre.

Uma lição de vida (The First Grader) – dirigido por Justin Chadwick, estrelado por Oliver Litondo. Reino Unido, 2014.

Uma.Lição.De.Vida

Valor destacado: Determinação

Baseado em fatos reais, o filme conta a história do queniano Kimani Maruge (Litondo), homem de 84 anos que quer aprender a ler e escrever, mas não se adapta à escola de adultos, para onde as autoridades o encaminham. Para estudar com crianças do seu povoado, Maruge conta com grande apoio da professora Jane.

Indicação: a partir de 14 anos.

Em busca de um lar (Gimme Shelter) –  dirigido por Ron Krauss e estrelado por Vanessa Hudgens. EUA, 2014.

Gimme-Shelter-Official-Poster-Banner-PROMO-POSTER-15JANEIRO2014

Valor destacado: Coragem

Apple (Vanessa) é uma adolescente cheia de problemas familiares que se recusa a abortar o filho, apesar da falta de apoio e dos apelos de todos os que aproximam dela, sempre pedindo que não tenha o bebê. Até encontrar abrigo, a jovem vive nas ruas, no submundo das drogas e da violência.

Indicação: a partir de 16 anos.

Quase Deuses (Something the Lord Made) – dirigido por Joseph Sargent, estrelado por Alan Rickman e Mos Def. EUA, 2006.

quasedeuses

Valor destacado: Superação

Filme destaca o esforço pela realização profissional, além de levar à reflexão sobre o racismo. Um homem negro que sonha ser médico e trabalha como faxineiro em um hospital é chamado a ser assistente de um pesquisador. Juntos, eles encontram a cura para uma doença grave, mas só um deles leva o crédito pela descoberta.

Indicação: a partir de 12 anos.

Gran Torino (Gran Torino) – dirigido e estrelado por Clint Eastwood. EUA, 2008.

gran_torino1

Valor destacado: Tolerância

Walter Kowalski (Eastwood) é um viúvo saudosista que se sente incompreendido pelos filhos. Embora lamente a onda recente de asiáticos que chega ao bairro em que sempre viveu, as circunstâncias fazem com que se aproxime cada vez mais dos vizinhos, a ponto de fazer por um deles um sacrifício inesperado.

Indicação: a partir de 14 anos.

Desafiando gigantes (Facing the giants) – dirigido e estrelado por Alex Kendrick. EUA, 2006.

desafiando_gigantes

Valor destacado: Perseverança

Shiloh Eagles é o time de futebol americano de um colégio dos Estados Unidos. O grupo sonha em vencer uma temporada, mas os fracassos são tantos que o treinador que prepara o time há seis anos, Grant Taylor (Kendrick), está a ponto de desistir. Um visitante inesperado, porém, o faz mudar de ideia.

Indicação: livre.

Hardflip – o que fazer quando sua vida dá uma virada de 180°? (Hardflip) – dirigido por Johnny Remo e estrelado por John Schneider, Rosanna Archette e Randy Wayne.  EUA, 2012.

hardflip

Valor destacado: Reconciliação

Enfrentando o desafio de trabalhar em dois empregos para ajudar a mãe que está doente e cheio de mágoa com o pai que abandonou a família, o adolescente Caleb Jones (Wayne) faz do skate uma válvula de escape. A fuga da realidade só termina quando um improvável conselheiro o estimula a perdoar seu pai.

Indicação: 12 anos.

A invenção de Hugo Cabret (Hugo) – dirigido por Martin Scorsese e estrelado por Asa Butterfield. , EUA, 2011.

hugo_ver9_xxlg

Valor destacado: Amizade

A adaptação do livro homônimo mostra um órfão (Butterfield) que vive escondido numa estação de trem de Paris e tem apoio de uma amiga para desvendar um mistério que envolve um robô herdado do pai. Scorsese fez o filme a pedido da esposa, que queria um roteiro adequado para a filha do casal, então com 12 anos.

Indicação: 10 anos.

As Crônicas de Nárnia (The Chronicles of Narnia) – A série cinematográfica, baseada na obra homônima de C. S. Lewis, começa com “O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa”. Dirigida por Andrew Adamson. EUA, 2005.

as-cronicas-de-narnia-o-leao-a-feiticeira-e-o-guarda-roupa-dvd

Valor destacado: Bondade

Por causa da Segunda Guerra, os irmãos Pevensie – Pedro, Edmundo, Susana e Lúcia – deixam Londres e passam a morar no campo. Lá descobrem uma passagem para o mundo mágico de Nárnia, onde engajam-se na luta contra o mal ao lado do leão Aslam, capaz de sacrificar-se no lugar de Edmundo para livrá-lo da morte.

Indicação: livre.

 

Anúncios

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: