HUMILDADE E PRUDÊNCIA

Existe hoje um fenômeno interessante: pessoas tentam se isolar para se prevenir de certas acusações julgadas infundadas. Tentam criar um mundo próprio quanto ao pensar e quanto a emitir julgamentos. É muito comum constatar discussões acirradas defendendo conceitos pessoais julgados corretos, embora nem sempre o sejam.

Resultado de imagem para luz e esperança

Em principio todos se consideram idôneos em seus pronunciamentos e fazem questão de exigir que os reconheçam como tais. Não admitem erros. Não aceitam serem inquiridos a prestar esclarecimentos e reconhecerem certos erros. Em seus conceitos os outros estão errados, os outros interpretam erroneamente, os outros estão equivocados.

Torna-se difícil admitir que possa se enganar e tambem possa errar. Torna-se difícil cultivar a virtude da humildade e colocar-se no lugar que deveria ocupar. Quer mostrar que é justo, que é honesto e que é bom. Segundo seu modo de pensar o julgamento deverá ser sempre a respeito dos outros e nunca de si.

O livro do Eclesiástico diz: “Meu filho, seja modesto em tudo o que realiza e será mais estimado que um homem guerreiro. Quanto mais importante você for, tanto mais seja humilde e encontrará favor diante do Senhor. Pois o poder do Senhor é grande, mas ele é glorificado pelos humildes” (Eclo.3,17-19)

A maior demonstração de sabedoria consiste em ter humildade e consciência dos próprios limites e das próprias fraquezas. E o mundo está carecendo de pessoas humildes e sabias. Existe muito orgulho. Existem muitos se deixando corromper. A mentira fala mais alto do que a verdade. O orgulho está mais forte do que a humildade. A ganância está mais poderosa do que a simplicidade. A corrupção envolve mais do que a honestidade.

Está faltando Deus em muitos corações. Está faltando docilidade no trato com as pessoas. Está faltando amor na convivência familiar. Está faltando perdão diante dos erros. Está faltando prudência na análise dos fatos. E as conseqüências não são as melhores.

Essas imprudências deixam muitas pessoas mutiladas em sua fé e em sua esperança. Mutiladas e impossibilitadas de recuperar a serenidade de espírito e a alegria de viver. Tudo fruto de alguma atitude imprudente, ou insensata. E o coração humano não merece isso. Merece ser tratado com carinho, respeito e amor, pois ele é o berço da alegria e o propagador da paz.

Sei que o desejo que inquieta tantos corações é justamente o de poder viver em profundidade essas virtudes da humildade e da prudência. Pois os humildes e prudentes dificilmente tropeçarão no caminho da vida. Terão sempre disposição em prestar auxilio aos fracos, orientação aos perdidos, esperança aos desanimados e coragem aos que sonham com algum ideal de valor.

As pessoas humildes serão tambem sabias. E as pessoas sabias serão tambem pessoas prudentes. E as pessoas prudentes serão tambem pessoas divinas. As dificuldades que encontrarem servirão para uma revisão de estratégia. As dúvidas servirão pra confirmar as convicções na fé. Para essas pessoas não existirão medo e cansaço. Só existirão trabalho e esperança.

Frei Venildo Trevizan

Anúncios

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: