Os 13 melhores desenhos animados educativos do momento

Eles divertem, entretêm e ainda ensinam. Conheça séries animadas que introduzem as crianças no mundo das ciências, matemática e física

Assistir tevê demais não faz bem. Isso todo pai e mãe sabe, mas uma análise cuidadosa revela que muitos dos desenhos animados produzidos nas últimas décadas têm enorme potencial educativo. Comparados às atrações infantis mais populares das décadas de 90 ou 80, programas como Team Umizoomi, BubbleGuppies, O Show da Lunae a Casa do Mickey Mouse são bastante superiores quando se julga a capacidade desses desenhos de contribuir para aquisição de competências e habilidades normalmente trabalhadas no ambiente escolar. E a melhor parte é que eles têm feito isso de modo divertido e atraente às crianças.

O Sempre Família ouviu pais, pedagogas e jornalistas e preparou uma lista com os melhores desenhos educativos do momento. A maior parte deles passa apenas em canais de tevê por assinatura. Outros têm temporadas inteiras disponíveis na internet, via Netflix.

Team Umizoomi

team_umizoomi

A série produzida pela Nickelodeon Animation Studios mostra um trio de pequenos super-heróis que se envolvem em diversas aventuras, resolvendo problemas com seus poderes matemáticos. A personagem Milli, por exemplo, tem o poder da medida, o que lhe permite usar suas marias-chiquinhas como uma espécie de trena para medir todo tipo de objeto, ensinando ao pequeno telespectador a noção de comprimento e cálculos básicos, motivados por perguntas como “quantas unidades faltam para a ponte chegar ao outro lado?”.

Já seu irmão Geo possui o poder da figura, habilidade que lhe permite criar qualquer objeto a partir das formas geométricas geradas por seu cinto. Para fazer um barco, por exemplo, ele cria um círculo, o divide em duas partes e obtém a “meia lua” que se transformano casco do barco.

Por último, há o robô Bot, que cumpre o papel mais cômico na série. Ele recebe os pedidos de ajuda das crianças, que são representadas por atores de verdade, moradores da fictícia Umi Cidade, onde vivem os heróis.

Segundo a Nickelodeon Brasil, Team Umizoomi, ou apenas Umizoomi, como também é chamada, foi projetada para fazer mais do que ensinar conceitos matemáticos. A ideia é “ajudar as crianças a desenvolverem suas habilidades e sua confiança na solução de problemas”.

A série estreou no Brasil em abril de 2010, no Nick Jr., e no bloco infantil do Nickelodeon, em maio do mesmo ano. Até o momento tem quatro temporadas e 65 episódios.

Bubble Guppies

bubble guppies

A série interativa em 3D se passa num mundo aquático e é protagonizada por seis crianças com caudas coloridas como as de sereias. O grupo de amigos se reúne no que parece ser uma sala de aula, embora em momento algum o desenho se refira ao ambiente como uma escola. Eles são orientados pelo Senhor Garoupa, um grande peixe falante que faz o papel de professor.

Cada episódio trata de áreas de conhecimento diferentes, como ciências, geografia e matemática.O enredo mostra que os assuntos são abordados espontaneamente, conforme se desenrolam os diálogos das crianças entre si ou com o Senhor Garoupa, e não ensinados como conteúdos rígidos a serem vistos no dia. Em determinado episódio, por exemplo, as crianças passam em frente de uma área de construção e começam a falar sobre os tipos de tratores, o que eles fazem, de quais materiais as casas são feitas etc.

Além de tratar de assuntos escolares de modo muito divertido, Bubble Guppies se destaca pela qualidade musical. Nada de trilhas sonoras simples e repetitivas. Os ritmos mudam a cada episódio e os arranjos impressionam, sendo bem mais trabalhados do que aquilo que se costuma ver num desenho animado.

Bubble Guppies chegou ao Brasil em janeiro de 2011, tanto no Nick Jr. como no bloco infantil do Nickelodeon.  Até o momento tem três temporadas e 52 episódios.

Dora, a Aventureira

dora_a_aventureira

A Nickelodeon chama Dora, a Aventureira de fenômeno global e com razão. No ar desde 2000, a série é transmitida em 151 países e foi traduzida para 30 idiomas. Números impressionantes, especialmente para os olhos de um adulto leigo que tende a julgar o desenho animado como sendo esteticamente bastante simples.

Para os pais, o bilinguismo da série é o principal atrativo. Na versão brasileira, Dora fala português e ensina as crianças que a assistem a falar palavras e breves frases em inglês. Mas, na versão original, Dora fala inglês e ensina seus telespectadores a falar espanhol. Esse aspecto, aliás, é o que justifica a aparência e nome latino da personagem – seu nome completo é Dora Marques.

A maioria dos 178 episódios, distribuídos em oito temporadas, possui a mesma estrutura. Ela e seu amigo Botas, um macaco, se apresentam ao telespectador. Em seguida um deles fala sobre problema que terão de solucionar. Para fazê-lo é preciso passar por três lugares apontados num mapa. Dora, Botas e os outros amigos envolvidos comemoram a cada missão cumprida e seguem para a etapa seguinte, até conquistarem seu objetivo, no fim do episódio. Há conversas com o telespectador durante quase todo o desenho, inclusive com pausas para que a criança que a assiste possa repetir as palavras em inglês que Dora diz.

Go, Diego, Go!

go-diego-go

Trata-se de um derivado de Dora, a Aventureira. Diego Márquez, o protagonista, é primo de Dora, que inclusive participa de alguns episódios de Go, Diego, Go! As duas séries são bastante parecidas em muitos aspectos. O bilinguismo está presentes nas palavras e frases que Diego ensina aos telespectadores, o estilo de desenho é o mesmo, a trilha sonora semelhante e até os demais personagens lembram as características dos amigos de Dora.

No que diz respeito aos conhecimentos trabalhados na série, a diferença mais evidente fica por conta da ênfase dada por Go, Diego, Go! ao mundo animal. A maior parte das cenas de interatividade se refere à identificação de espécies, fatos sobre seu habitat e outras informações sobre os animais que precisam de resgate.

A latinidade está também presente na série, seja na etnia de Diego e de sua irmã Alícia, ou na escolha do ambiente onde se passam as histórias. Na maior parte dos episódios, Diego está numa floresta tropical, interagindo e salvando animais típicos da América Latina, como onças, sucuris (ou anacondas), chinchilas, lhamas e iguanas.

Go, Diego, Go! estreou em outubro de 2005 nos canais Nickelodeon eNick Jr. A série tem cinco temporadas e 75 episódios. As temporadas 1 e 4 também estão disponíveis no Netflix.

Show da Luna

luna

Luna é uma garota de seis anos que ama ciências e é muito curiosa. A cada episódio há uma descoberta a ser realizada, o que pode acontecer no seu próprio quarto, no quintal de casa ou em qualquer lugar onde esteja brincando. Ela sempre envolve seu irmão menor, Júpiter, de 4 anos, em suas aventuras, e junto dele vêm o furão de estimação da família, chamado Cláudio.

A série é uma produção nacional e o foco está claramente na iniciação científica voltada à crianças em idade pré-escolar. Etapas básicas do método científico, como a observação, a experimentação e a formulação de hipóteses, são apresentadas em praticamente todos os episódios.

O Show da Luna esteou no Discovery Kids em 2014 e a série também é transmitida na tevê aberta pelos canais TV Brasil e TV Aparecida

Agente Especial Urso

agente_especial_urso

A série incentiva os pequenos telespectadores a resolverem problemas do cotidiano, estabelecendo etapas a serem cumpridas para se alcançar um objetivo. O protagonista é um urso amarelo que trabalha como agente especial, ajudando crianças a solucionar pequenos desafios domésticos. Na dublagem original, o nome do urso é Oso (Special Agent Oso), mas o nome foi substituído por apenas Urso na versão brasileira.

Em todos os episódios, quem estabelece as etapas a serem cumpridas é um computador de voz feminina chamada Guia Palm. Quando o problema é identificado, como a dificuldade de uma menina em não sujar o vestido ao comer espaguete, é ela quem traça uma estratégia em três etapas: pegar o espaguete com o garfo, girar o garfo para pegar o espaguete em volta dele e virar o garfo para cima e o levar até a boca. Tudo simples até demais para crianças com mais de cinco anos, mas bastante adequado a meninos e meninas em idade pré-escolar.

O Disney Channel passou a transmitir a série em abril de 2009. Em 2011, ela foi inclusa no Disney Júnior, mas recentemente foi tirada da programação. Apesar disso, os 61 episódios das duas temporadas deAgente Especial Urso estão disponíveis no Netflix. Alguns episódios podem ser assistidos diretamente pelo site do Disney Júnior.

Doki

 

doki

Um grupo de amigos aventureiros viaja pelo mundo e aprende sobre artes, astronomia, costumes locais, geografia e uma variedade de conhecimentos gerais. Ao lado de Doki, um cão curioso e líder da turma, estão o tamanduá Otto, a joaninha Mundi, a flamingo Anabela, a lontra Fico e a cabra Gabi.

A série do mascote do Discovery Kids estreou no Brasil em abril de 2013, tem duas temporadas e 52 episódios. Em cada um deles o grupo sai em busca de respostas às dúvidas que aparecem no cotidiano do clube de expedições do qual fazem parte. Eu um deles, por exemplo, Otto está preparando sorvete quando percebe que acabou a essência de baunilha. A turma então passa a se perguntar de onde vem a baunilha e viaja até a Madagascar, na África, para conhecer a planta que a origina e entender o processo de obtenção do sabor de que tanto gostam.

Assista trechos da série no site do Discovery Kids:

Aventuras com os Kratts

kratts

Mais uma série com foco na vida selvagem. Os irmãos Chris e Martin Kratt viajam com sua equipe em busca dos segredos de animais exóticos, como impalas, peixes achigãs, dragões de Komodo, dingos e tubarões-tigre. A cada encontro com um novo animal, os Kratts ativam seus trajes especiais que lhes permitem copiar as habilidades dessas criaturas. Assim eles analisam e entendem para que servem determinadas características das espécie, como a habilidade do lagarto basilisco de andar sobre as águas.

Diferente de outras atrações pré-escolares, o desenho destina-se claramente a um público um pouco mais velho, pois trata da elaboração de hipóteses a partir da observação, de conclusões derivadas de experimentos e outros conceitos típicos de iniciação científica.

Uma curiosidade que poucos brasileiros conhecem sobre a série é o fato de que os protagonistas são versões animadas dos criadores da série, os verdadeiros Chris e Martin Kratt, que também são irmãos na vida real.

Aventuras com os Kratts estreou no Discovery Kids em maio de 2011 e atualmente é transmitida apenas de madrugada, às 1h28. Apesar disso, a primeira temporada, com seus 40 episódios, está disponível no Netflix. A série toda tem até agora três temporadas divididas em 92 episódios.

Assista a um trecho de Aventuras com os Kratts no site do Discovery Kids:

A Casa do Mickey Mouse

a_casa_do_mickey_mouse

Os personagens clássicos da Disney, em estilo 3D, resolvem pequenos enigmas usando raciocínio lógico. Na série, destinada a crianças em idade pré-escolar, os protagonistas são Mickey, Minnie, Donald, Margarida, Pateta e Pluto. A cada capítulo, um deles se depara com questões do cotidiano que exigem, principalmente, algum tipo de cálculo, leitura de códigos e conhecimentos básicos em geometria. Ao surgir a dúvida, o personagem se volta para o telespectador e o convida a ajudar na solução.

No capítulo em que a turma resolve andar de trem, por exemplo, a missão dos personagens é buscar outros amigos, sendo que cada um está numa estação diferente. As crianças são encorajadas a interpretar o itinerário do trem, que revela onde cada personagem está e a que horas deve ser buscado. No decorrer do trajeto, é preciso pagar o “pedágio” em bolinhas de gude. É aí que entra o desafio dos cálculos.

Bem diferente das antigas animações de Mickey e seus amigos, desenvolvidas para entreter mais do que educar, A Casa do Mickey Mouse tem preocupações pedagógicas do começo ao fim. Vale destacar, contudo, que como as questões envolvidas no programa são bastante simples, adequadas para a primeira infância, telespectadores um pouco mais velhos tendem achar os desafios fáceis demais.

A Casa do Mickey Mouse começou a ser transmitido no Brasil em 2006, tem 105 episódios distribuídos em quatro temporadas. A última delas está disponível no Netflix.

Assista a um episódio de A Casa do Mickey Mouse no site do Disney Júnior.

Blaze and the monsters machine

Blaze-620x391

Numa cidade onde pessoas e veículos falantes convivem juntos, a turma de Blaze, um monster truck, tem de lidar com as trapaças do Destruidor, uma enorme carreta que vive criando confusão. Essa é a história de fundo, mas o que chama a atenção mesmo é o foco que o desenho dá à resolução de problemas de física. São trabalhados conceitos como atrito, força e velocidade e até mesmo alguns cálculos são propostos de forma bastante atraente.

O jovem telespectador também aprende sobre tipos de ferramentas e seus usos. Encanta principalmente meninos que amam desmontar coisas e carros potentes. Estreou no Brasil em março de 2015 e é transmitida pelo canal Nick Jr., na tevê a cabo, e pela TV Cultura, na tevê aberta.

Doutora Brinquedos

doutora_brinquedos

Seguindo a temática bem-sucedida de Toy Story, Doutora Brinquedosmostra a relação de uma menina de seis anos com brinquedos que ganham vida, falam e têm personalidades bastante diferentes. No decorrer das histórias que retratam situações comuns entre amigos e família, a série ensina a valorizar os cuidados com a saúde, bem-estar e higiene. Em mais de um capítulo a pequena doutora – cujo nome real é Dottie, embora raramente seja mencionado – explica para seus brinquedos como é importante fazer um check-up e consertar o que não está funcionando bem, numa referência evidente às visitas ao médico, ocasião temida por muitas crianças.

Os elementos tirados da medicina não param por aí. A mãe da Doutora é médica de verdade e, além de ser o principal exemplo para a filha, ela a ajuda nos “diagnósticos” sobre os problemas de seus brinquedos. Em determinado episódio, uma bola de futebol murcha tenta evitar a todo custo a bomba de ar, por medo da agulha. Cabe à Doutora mostrar a ela que aquela é a única forma dela melhorar, e que não seria tão ruim quanto pensa. Em outro momento, uma boneca de ação, que luta artes marciais, não consegue mais pular como deveria. Depois de algumas observações e testes, a doutora conclui que o problema é falta de alongamento. A Disney informa ainda que especialistas da área de saúde da Universidade do Sul da Califórnia contribuíram na produção da série, como consultores.

Doutora Brinquedos chegou ao Brasil em março de 2012. Até agora tem três temporadas e 58 episódios. A primeira temporada da série está disponível no Netflix.

Assista a um episódio de Doutora Brinquedos no site do Disney Júnior.

Miles do Amanhã

Miles-Tomorrowland-divulgacao-620x356

Fruto de uma parceria entre a Nasa, o Google e o Disney Júnior, uma das motivações para se criar a série foi incentivar meninas a gostarem de ciência e tecnologia desde cedo. Por isso uma das personagens, a jovem Loretta, é uma expert em linguagem de programação que convive com seu irmão Miles, um aventureiro que vive no espaço, e a mãe Olívia, responsável por pilotar a nave da família.

Há várias referências a situações vividas por profissionais de engenharia da computação ou aeroespacial, além de constantes resoluções para problemas de física típicos do contexto dos astronautas, envolvendo gravidade e distância, por exemplo.

A série estreou no início de 2015 e atualmente é transmitida pelo Disney Júnior, Disney Channel e pelo SBT.

Hora do Justin

hora_do_justin

Justin e seus amigos imaginários, Olívia e Fofucho, viajam em pensamento para épocas e lugares distantes, vivendo todo tipo de aventuras e tirando de cada uma delas alguma lição moral válida para conviver bem com os outros.

Sem entrar em detalhes complexas, Hora do Justin mostra elementos culturais de diferentes civilizações do presente e do passado, ajudando o telespectador a identificar como se vive na Índia, como eram os antigos soldados romanos, onde viviam os vikings, o papel das pirâmides no Egito antigo, enfim, noções básicas de história e geografia, apresentadas em meio a aventuras envolventes.

Hora do Justin estreou no Discovery Kids em meio de 2012. A primeira temporada também está disponível no Netflix.

Assista a um episódio de Hora do Justin no site do Discovery Kids.

*****

http://www.semprefamilia.com.br/

Anúncios

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: