BUSCA DE DEUS!

A vida humana é um caminho a ser construído diariamente. Nada é definitivo, pois é um caminho pessoal e distinto. Não será o melhor querer construir caminhos para outros percorrerem. Não será possível exigir que outros integrem e percorram nossos caminhos. A liberdade é pessoal. Não há como interpor ou exigir que pensem da mesma maneira e andem do mesmo jeito.

Cada qual é livre em suas escolhas e em suas decisões. E essa liberdade levará a respeitar as escolhas e as decisões dos demais. Alem disso, cada ser humano tem seus anseios e suas buscas. Existe um anseio profundo em cada coração de conseguir um espaço onde possa se sentir feliz. Existe um anseio, às vezes angustiante, de estar em paz consigo, com os demais e como o próprio Deus. E enquanto não conseguir viverá inquieto. Só haverá descanso e sossego quando repousar no coração de Deus.

E Deus é alguém que causa preocupação em muitas mentes. Se preocupa o anseio de paz, preocupará ainda mais a busca de Deus. A paz é algo que poderá ser conquistado pela iniciativa pessoal. Deus é uma realidade que não cabe no raciocínio humano. É alguém que vai além. Por isso, quando fala de Deus a tendência é olhar para o alto.

Resultado de imagem para A BUSCA DE DEUS

São muitas as pessoas que concebem Deus como um ser distante e nas alturas. De lá estaria vigiando comportamentos e atitudes, atividades e posicionamentos. Concebem Deus como alguém pronto a premiar os bons e castigar os maus. Infelizmente essa imagem e essa noção amedrontam e inquietam muitas mentes e muitos comportamentos.

Essa tendência de conceber Deus distante precisa ser modificada. O livro do Eclesiástico ensina que “Deus não faz distinção de pessoas. Deus é imparcial. Escuta tanto os pobres quanto os ricos. Protege tanto os bons quanto os maus. Jamais despreza as suplicas de seus filhos e filhas. Quem o servir será bem acolhido e suas súplicas serão atendidas” (Eclo.35,15-20).

Essa é a grande verdade. Deus não está distante. Caminha no mesmo caminho. Participa das mesmas alegrias e das mesmas angustias. Comunga os mesmos sonhos e as mesmas esperanças. Alimenta os mesmos sentimentos e as mesmas conquistas.

Seja qual for a situação em que se encontra é preciso acreditar que sua presença não será para questionar, mas para acalmar; não será para temer, mas para amar. Mesmo que não veja claro o caminho da busca, será preciso ter cautela e humildade, paciência e esperança.

Poderá demorar, mas não desprezar. Poderá silenciar momentaneamente, mas não esquecer. É isso que muitas vezes angustia a quem tem pressa de esclarecer dúvidas, de satisfazer anseios e de realizar projetos.

São situações difíceis de explicar, pois essa busca, na maioria das vezes, é reflexo de uma vida mal planejada e mal vivida. E só lhe agradará uma resposta clara e convincente. A dor da consciência mal administrada levará a exageros de comportamentos para se ver livre de tantos pesadelos.

A busca de Deus feita dentro desse contexto poderá inquietar desordenadamente. É preciso acalmar os ânimos e acreditar que Deus está sempre atento no íntimo de cada ser humano.

Frei Venildo Trevizan.

 

Anúncios

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: