Família e Testemunho

Sozinha, a família se dispersa e se perde

Vivemos uma experiência de família às vezes contraditória, e do ponto de vista de muitos, ultrapassada, alienada e até irresponsável. Somos uma família com sete membros – Eu, minha esposa e cinco maravilhosos filhos. Um modelo meio que fora de moda, mas permeado de muito amor, cheio de alegrias, realizações humanas e principalmente, marcado pela força da Graça de Deus!

Essa corrente permissivista e individualista que acampou dentro das famílias não admite outro modelo senão o que está aí exposto como correto, moderno e adequado aos tempos de hoje. Sofremos muito com isso! Porque “ter filho dá trabalho”, “tira o sossego,” “Afinal, eu também sou gente, tenho direito de viver” É o que afirmam… Puro egoísmo que mata e fere o dom da vida impregnado por Deus na família, mas que deve ser vivido pelos esposos.

Se não for em comunidade, a família se desfalece e se deixa levar por esta enxurrada de contra valores imposta pela sociedade. Procurar um grupo que se identificasse com nossos ideais, foi o que nos pareceu mais seguro e viável. Uma vez que tínhamos a certeza do que queríamos, sabíamos também que sozinhos não trilharíamos esse ideal. Procuramos então o Centro da Família Coração de Jesus, e encontramos aqui um apoio seguro, amigo e porque não dizer, santo para experimentarmos o amor de Deus.

Os burburinhos de familiares, amigos, colegas de trabalho, e as incompreensões de tantas outras pessoas começaram a mexer com nossas estruturas de fé, nossas convicções e ideais definidos ainda na época do namoro. Lá, já havíamos decidido formar uma família totalmente alinhada com a vontade de Deus e o ensinamento da Igreja. Agora imaginem esses burburinhos somados a esse modelo imposto pela sociedade, mais os desafios normais da vida em família, como a questão financeira, a educação dos filhos, a saúde, etc… Tudo isso nos fez sentir vergonha das pessoas e também “irresponsáveis” aos olhos de tantos outros. Começou então a despertar em nós uma pontinha de isolamento que encaminhava para um dispersar-se do plano de Deus, antes escolhido como meta.

Iniciamos um processo de revisão de vida, de análise dos ambientes, das pessoas e das situações. Percebemos que isolados poderíamos cair na armadilha do egoísmo e então geraríamos filhos deformados na alma, arrogantes e prepotentes para a sociedade. Bem ao contrário, do que disse Nossa Senhora, quando afirmou que feliz será aquele que construir sua casa sobre a rocha (cf. Mt. 7,24-25).

Em todo esse percurso, também sempre sentimos Deus Presente conosco. Ele mesmo se encarregou da história, nos reconduzindo ao seu caminho de amor e misericórdia! Do nosso casamento até aqui, vivenciamos verdadeiros milagres, manifestações reais da Graça de Deus!

Voltando a falar do Centro da Família, ressaltamos que não encontramos nele nenhuma novidade que a Igreja ainda não nos tivesse apresentado. O que descobrimos, e isso nos alegra, foi percebermos que aqueles que desejam viver um modelo cristão de família, devem procurar um grupo que se identifica esse objetivo, caso contrário, dispersarão e se perderão pelo caminho como tantos já se perderam.

Vale lembrar que o modelo cristão de família que estamos redescobrindo no Centro da Família, é aquele aberto à vida em todos os seus aspectos. Estamos vivendo o Projeto Paternidade e Maternidade Responsáveis – e estamos estudando sobre os métodos de regulação de fertilidade em vista de uma Paternidade e Maternidade Responsável.  Que é uma forma natural de espaçar o nascimento dos filhos de modo a tê-los no momento certo, de acordo com todas as variáveis contidas nesse processo de discernimento que são: as condições psicológicas dos pais, situação financeira, saúde, educação, tempo disponível para a vida que vai chegar, harmonia entre os outros irmãos, espiritualidade, etc. O modelo de família que estamos redescobrindo, é aquele proposto por Cristo e sua Igreja, e tão claramente expresso nos documentos Familiaris Consortio de João Paulo Segundo e Humanae Vitae de Paulo VI, que estamos estudando. Ser missionária, solidária com os mais pobres e enfraquecidos, cumprir com as obrigações civis e de Estado. Tudo isso são atributos essenciais que fazem parte desse modelo de família sonhado por Deus.

Por último, percebemos em nossa experiência de vida, que as cruzes e os desafios da família, quando vividos com resignação e com dignidade, servem para orientar-nos numa vida sem egoísmos. É um fator que gera maturidade humana e espiritual, e nos leva a respeitar o outro e a tratá-lo também com dignidade, tanto os membros da própria família, como qualquer outra pessoa com quem encontrarmos em nossas vidas.

Romel José e Maria Elizabeth

Trindade – GO

Anúncios

8 Respostas

  1. Parabéns Romel e Maria Elizabeth! Vocês são um belo exemplo de família! Que Deus continue abençoando essa linda família! Rosângela e Odilon – Circulo de Amigos Pe. Guilherme Meyer – Rio de Janeiro.

    • Caríssimos Rosângel e Odilon, obrigado pelas palavras de vocês e vamos juntos trabalhar pela santificação das famílias! Romel e Maria Elizabeth

  2. Estou namorando hoje, com casamento marcado para fevereiro, e já vivo os murmurinhos da família e amigos, quando falo em ter uma família segundo a vontade de Deus!

    Obrigado pelo testemunho de vocês pois nós (eu e minha noiva) fortalece cada vez mais!

    • Prezado Vinicius,
      Fazer a vontade de Deus é a única certeza de uma vida feliz e realizada. Que o Pai Eterno os abençõe neste lindo propósito cristão!
      Romel e Maria Elizabeth

  3. Fico muito feliz com esse testemunho,. poise vejo que eu e meu noivo quando casarmos podemos sim colocar em prática nossa vontade de realizar os planos de Deus na nossa família.

  4. Não conhecia esta ferramenta tão linda do Centro da Família. Obrigado por me mostrar. Fico feliz por você estar sendo este sinal de Deus na vida de muitos casais que, muitas vezes levados pelos “burburinhos” do mundo moderno, ficam com medo, em vista do que irão dizer os outros, de fazer a vontade de Deus. Vou divulgar para os meus contatos e peço a gentileza de divulgar também o site: http://www.eadseculo21.org.br/ead, que tem vários cursos muito interessantes sobre a família, sexualidade e outros. Um abraço. Deus te abençoe.

  5. Estava esquecendo. Parabéns por sua família.

Salve Maria! O Blog Centro da Família Coração de Jesus agradece o seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: